Seguidores

domingo, 20 de maio de 2012

PÁSSARO URUTAU





Hoje eu quero falar
De um fato curioso
De um pássaro muito estranho
Para mim, quase assombroso!

Seu cantar me mete medo!
Mais que isso, me arrepia,
Conforme a estação do ano...
Mais parece um gato que “mia”

Ele é de porte grande!
Tal qual um grande urubu,
Pode até se camuflar,
E confundir-se com o bambu;



Vive isoladamente
Raramente nós o vemos
Quando surgem oportunidades
É claro que não perdemos!

Um dia desses aconteceu...
Lá estava em uma cerca, precisamente
Em um mourão, cheguei bem devagarzinho...
Com a câmera na mão.

Ele não deu importância
Qual foi a minha surpresa!
Feliz fui aproveitando
A inédita circunstância!

Registrava seguidamente
E em várias posições...
Parecia mais uma múmia!
Ou talvez, uma aparição!

Com a cabeça bem erguida
Ele não se mexia...
Mesmo o senhor mais idoso,
Era a primeira vez que a via;

Ao final do primeiro dia,
Várias pessoas a visitou
Ao início do segundo dia,
O fato continuou!



  
Lá estava o grande pássaro...
Tal como o primeiro dia
Imóvel e camuflado...
Com o mourão parecia!

Algo mais aconteceu...
Olhem! Já podemos observar!
Um filhote! Bem “grudadinho”!
Fato bom de apreciar!

Com os olhos bem fechados
Filho e mãe permaneciam...
Voltados para o infinito
Como se orações, faziam!

O filhote crescia muito!
Era de admirar!
E eu, continha o meu desejo,
De aquele pássaro pegar!

Eu, que sou bem curiosa
E amo a natureza!
Jamais me permitiria
Acabar com tamanha beleza!

E lá se foi a semana...
O filhote já crescido,
Provavelmente partiriam,
Eu... Com o coração sofrido!

Tudo o que sei desse pássaro...
É que se chama urutau
Devemos amá-lo muito!
Sua história é sem igual!

Quem quiser faça pesquisas
E me informe, por favor!
Dele quero saber mais...
Tamanho é o meu amor!

                                                           



7 comentários:

  1. Olá Ivany, são lindas todas as criaturas, os pássaros com suas cores e cada um com sua "fala" não entendida por nós... Adorei o que você escreveu! Como é maravilhoso poder ver, mas ver de verdade tudo que existe e que foi criado por Deus! Tenha uma feliz e abençoada semana! Abraçosss

    ResponderExcluir
  2. Olá!Bom dia!
    Tudo bem?
    ...ficou bom este poema/prosa...gostei...ah...eu sou "meio" curioso e fui pesquisar..."O Urutau é um pássaro solitário e de hábitos nocturnos que dificilmente se deixa ver.A par da voz queixosa e plangente, uma quase invisibilidade, confere-lhe o carácter de um ente misterioso. Muitos não o tomam por uma verdadeira ave, mas sim por um ser fantástico, inacessível à mão e aos olhos humanos. Já outros, porém, não duvidam de sua existência, mas consideram-no como um ente enigmático e superior, dotado de muitas qualidades fora das leis naturais, entre elas, o preservar das seduções e a pureza das jovens moças....etc"
    Obrigado pelo carinho da participação em meu blog!
    Muito feliz e honrado!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que sorte a sua, conseguir as imagens! Ficou muito bom o poema. Já tinha visto esse pássaro na TV, e deve ser muito difícil conseguir avistá-lo, já que ele se disfarça tão bem. parabéns pela postagem!

    ResponderExcluir
  4. Olá Ivany! Não conhecia esse pássaro. Muito interessante. E o teu poema ficou ótimo. Beijos querida

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Amiga, hoje eu vim agradecer o carinho de sua presença lá no meu cantinho!
    Tenha uma linda semana coberta de muito carinho e Amor
    Fique com Deus!
    Abraço Amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  6. Adorei teu post e as informações sobre este curioso pássaro! E parabéns pelo look novo! Arrasou! Uma abençoada tarde de segunda-feira, repleta de muita paz e alegria! Grande e carinhoso abraço!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. ele é muito feio isso sim rsrs mas a poesia ficou linda como sempre... valeu encarar o bicho rsrs bjuuu amiga até

    ResponderExcluir

MEU CARINHO À TODOS! OBRIGADA!